Quem evita a cruz, afasta a luz

Penitência é uma das palavras mais importantes durante o tempo da Quaresma. Geralmente, é sinônimo de tristeza ou sofrimento. “Pagar a penitência”, quem já não ouviu essa frase? Remete a algum tipo de castigo. Mas o seu significado original é outro. Quer dizer “melhorar”, “tornar-se melhor”.

 

Perguntas do penitente: para onde estou indo? Para onde esta viela me leva? Estou andando ou não faço nenhum movimento? Esse jeito de seguir adiante me faz melhor? Em quem eu estou me transformando, na medida em que caminho?

 

Penitência exige o sacrifício que liga a cruz à luz. Ao evitar a cruz, afastamos também a luz.

 

O sacrifício da Quaresma vale a pena. Sacrificar é tornar sacro, sagrado. Esse é o desafio da Quaresma e, agora, da Páscoa: o de nos tornarmos sagrados, abrindo espaço para o divino, nos entremeios do humano que existe em nós.

 

Páscoa é a festa da vida! Caminhar, livre de pesos mortos, vivendo a verdadeira alegria

 

Feliz Páscoa a todos!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*