Para quem ama a vida

A vida abomina o vazio, pois leva a desequilíbrios e manipulações. Ocupações e coisas não essenciais preenchem o tempo e roubam a atenção do foco em que deveria se concentrar. No vazio, predominam as crenças, as suposições e as superstições. Uma vida oca e inconsistente. A boa notícia é que ela pode ser mais!

Consistência depende de conteúdo, de centralidade, de eixo. Um mastro firme que vai impedir o barco de ficar à deriva ao sabor dos ventos e tempestades. A vida precisa de algo que lhe dê firmeza. E que siga uma ordem natural.

Tudo começa por uma intenção. Intenção é inclinar-se para a direção certa. Se é o Norte, de nada adianta voltar-se para o Sul. A intenção é o que nos orienta. Mas a intenção, apenas, não preenche o vazio nem conta uma história. É preciso dar o primeiro passo.

O primeiro passo é o mais difícil, pois rompe a inércia, nos tira do sedentarismo e nos coloca em movimento. Depende de um impulso chamado desejo.

Não pense que o desejo acontece sem que haja empenho e força de vontade. Como protagonista do passo, terá de lidar com o antagonista: o medo. A intuição assopra em um dos ouvidos: “vá, é isso que você deve fazer”. O instinto assopra, no outro: “não vá, está tão confortável aqui, por que arranjar encrencas?”.

Nessa queda de braço, ou vence o medo, ou vence o desejo. O que for mais forte, portanto. Sabemos que o medo não conta histórias. É sempre o desejo que tem histórias para contar.

Segue-se a ordem natural. O desejo pode acabar no impulso do passo, caso não haja algo que o alimente. Esse algo é o propósito. O propósito é o desejo que ganhou forma e, como um farol posto à frente, coloca luz sobre os passos que vão se tornando, agora, mais corajosos e vigorosos. Atente para a sutileza: o propósito só começa a tomar forma depois que o desejo supera o medo e dá o impulso para o primeiro passo. Antes disso, fica à espreita, aguardando ser descoberto.

Da intuição para o desejo, do desejo para o propósito. Está aí a viagem de busca que segue a ordem natural e de quem decidiu não se perder no vazio nem se deixar manipular.

A ordem natural para quem ama a vida e não quer vê-la sucumbir a qualquer intempérie, seja uma tempestade ou mesmo um furacão. Acredite, funciona!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*