Do que é feito o seu voto?

Sufrágio universal. Implica que todos têm direito ao voto. Mas, do que é feito o voto de cada um?

Somos, todos, projetistas. E, na hora de votar, optar por um partido, um candidato ou uma causa, em nossa escolha projetamos quem somos.  Junto, vão as nossas dores, humores e amores.

Quem em você vota, quando vota?

O voto pode conter a raiva de uma vida mal vivida, dos maus tratos, do descaso, do desdém, da indiferença. O voto ressentido de quem transformou em raiva as mazelas da vida.

O voto é um tipo de expressão. Tem o voto do ódio, de quem se sentiu usurpado, ultrajado, enganado, traído. O voto implacável de quem não perdoa. Também na vida cometeu deslizes e não foi perdoado. Transfere ao voto as suas dores.

O voto do medo, de quem se sente ameaçado e vê perigo ao redor e o tempo todo ou de quem busca proteção e preservação em um candidato paladino.

O voto vingador é de quem quer ver o circo pegar fogo e permitir que o mal se alastre. Foi assim em sua vida, porque não também na dos outros? Causa danos quem sofre danos.

O voto negligente é para quem “tanto fez como faz”. Um voto do tipo “vai assim mesmo”, afinal, nada vai mudar. É um voto desesperançado. Sua vida é semelhante a uma democracia carcomida, entre o roto e o rasgado.

O voto revela quem somos, para o bem ou para o mal. Pode representar o nosso melhor ou o nosso pior.

O voto empático é de quem reconhece no candidato as suas buscas e intenções, de quem é capaz de se entregar a uma causa maior que si mesmo. Poderia levar a vida a esmo, sem compromisso, mas prefere dar a cara a tapa.

O voto compassivo vai mais além. Reconhece os pecados dos candidatos, mas também os seus. Sabe que nós, humanos, não estamos imunes às tentações e também resvalamos, basta uma distração ou um leve cochilo.

Qual é a natureza do seu voto? Do que ele é feito? Qual é a sua química? Que carga emocional, psíquica, espiritual ele carrega? O que ele significa? Que energia ele possui?

Como uma gota em um lago formando aros concêntricos, que repercussão o seu voto terá? O que evoca? Que influencia exercerá sobre a sua vida e a dos outros?

De qual substância é feita a sua vida, seus projetos, intenções e escolhas? Qual é a mensagem contida no seu voto? Como ele o define? Afinal, do que é feito o seu voto?

 

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*