Você pode controlar quase tudo

Você pode controlar tudo na sua empresa: os estoques, as contas a receber, as contas a pagar, os impostos e as comissões, o caixa. Com a ajuda da tecnologia, também é capaz de controlar com mais precisão o faturamento, os pedidos em carteira e os novos, além do que ainda falta faturar.

Você pode controlar tudo… menos o essencial. E o que é o essencial?

Você não pode controlar os desejos das pessoas. O que elas almejam, bem como suas emoções, faz parte dos seus jardins secretos, cuja propriedade não está disponível a qualquer um. Para entrar nesses jardins é preciso que haja permissão, algo que só se conquista com afeto e confiança. Nenhum outro sistema de poder e de controle detém a chave que abre os portões dos jardins secretos onde moram os desejos e os sentimentos de cada pessoa.

Desses desejos, resultam os sonhos e os propósitos. Juntos, eles constituem o combustível que faz com que a pessoa se movimente, por inteiro, em uma direção ou em outra. Se o movimento não se emparelhar com o da empresa, haverá desperdício de tempo e de vida para   os dois lados. Mas se ambos forem harmoniosos, a história conjunta poderá ser igualmente memorável e recompensadora.

Você também não pode controlar o potencial das pessoas. O que cada uma traz dentro de si – na forma de inteligências, talentos e dons – constitui sua ilha pessoal, tanto a parte visível e reconhecida por ela, como a parte submersa e desconhecida, para si mesma e os outros. Não há como conhecê-la integralmente por meio de mapeamento de competências ou descrições de cargos e funções. Seria como saber sobre determinado destino de viagem visualizando apenas mapas. Para conhecer mundos desconhecidos, é preciso viajar por eles.

Potenciais se descobrem por meio de desafios. Desses potenciais resultam as realizações. São eles que traduzem todo o poder que uma empresa possui, um mundo ainda desconhecido de possibilidades até que se transformem em competências.

Você pode inventariar estoques, conciliar as contas bancárias, controlar os ativos e passivos contábeis e todas essas coisas são importantes e necessárias. Mas o que efetivamente faz o sucesso de um empreendimento e negócio é o conjunto de desejos que se transformam em propósito coletivo e o conjunto de potenciais que se transformam em competências de equipe.

É preciso acrescentar ao que funciona, o que verdadeiramente importa. 

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*