Transforme autoridade em autonomia

Fiz a distinção entre poder e autoridade, em artigo recente.  Retorno ao tema e o farei várias vezes, dada sua importância, pois é um assunto que dá muito pano para manga. Basta constatar que, no mundo de hoje, o que existe de mais raro são líderes de verdade. E não apenas nas empresas, mas em todos os tipos de instituições, como famílias, escolas, igrejas e estado.

O exercício da liderança inclui poder, é fato. Mas os melhores líderes são tímidos diante do poder. Usam-no com moderação. Por outro lado, também não se acanham diante de sua própria autoridade. Tratam de exercê-la.

Poder implica hierarquia, algo que mais atrapalha do que ajuda o exercício da liderança, embora muitos insistam em pensar o contrário. Autoridade, no sentido romano de auctoritas, implica prestígio e crédito, reconhecidos em pessoas tanto por sua legitimidade como sua qualidade e competência em alguma matéria.

Até aí, nada que eu já não tenha abordado antes. A contribuição adicional, agora, é dar destaque a uma outra palavra, rara nos ambientes em que o líder usa e abusa do poder, mas que se encaixa perfeitamente quando ele faz uso da autoridade. Essa palavra é autonomia.

O poder, em geral, prefere fazer uso do medo, tratando de cercear, não de prover, a autonomia. Não sei se você já experimentou constatar, mas autonomia é o pleito mais comum entre os colaboradores. É algo que geralmente ganha espaço quando o poder dá lugar à autoridade e, em seguida, a autoridade é transferida aos colaboradores na forma do maior anseio deles, ou seja, de autonomia.

A autoridade delegada aos colaboradores na forma de autonomia é o que mais agrada, funciona e gera desempenhos superiores.

Autonomia – autarkeia para os gregos – é a liberdade interior que impede a nossa felicidade ou infelicidade de depender de circunstâncias externas. Trata-se, portanto, da melhor forma de transformar colaboradores dependentes e não criativos em seres competentes e criativos. Talvez seja por isso que autarkeia é, também, sinônimo de estado de contentamento. Nada vai superá-la em motivação. É só constatar por conta própria.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*