Sete maneiras de caminhar – 5o passo

O artista

Você resolveu transformar o seu talento em negócio. Você descobriu-se artista. E você é artista! Assim como eu, assim como todas as pessoas. Temos muitos, muitos talentos.  Mas poucos sabem disso.  O pintor sabe disso, quando está diante da tela em branco assim como o escritor, diante da folha vazia.

Artista é aquele que vê o mercado como um ateliê de arte. Um lugar de expressão e de auto-expressão. Um lugar em que cabe a beleza e a criatividade. Um lugar para deixar a sua assinatura. E isso pode estar presente na mercadoria que será despachada para o cliente, no serviço prestado, no relatório que será enviado ao chefe, na planilha eletrônica que será entregue aos interessados.

Para o artista, o cliente é alguém que precisa ser encantado todos os dias. O mercado funciona como fonte de inspiração, mas é na imaginação que está a grande seara de oportunidades. Para o artista, o mercado é abundante, sem restrições. As limitações estão no bloqueio que impede a mente de sonhar e imaginar.

Você é um artista exigente. Recusa imitações. Não gosta de beanchmarking e não dá bola para a concorrência. Você nasceu para trabalhar em uma empresa única. É por isso que você enxerga o mercado como um ateliê de arte. Nesse mercado, o que precisa ser feito é imaginar e inovar. E, para isso, é preciso de fé e inspiração.

Deguste um pouco mais: 

Vídeo: O mercado como um Ateliê de Arte

Artigo: Entre com o pé direito!

Veja também: O livro Metanoia – Os passos

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*