Seja um líder magnânimo

“Temos de nos tornar na mudança que queremos ver.”

Mahatma Gandhi

Dizem que insanidade é fazer sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes. Algumas empresas tiveram o ímpeto empreendedor restrito apenas à origem. Tudo o mais foi pura repetição da ideia original. Mudanças em produtos e serviços não passam de variações sobre o mesmo tema. Por isso, empresas com dez, vinte, trinta anos de existência comemoram o primeiro aniversário indefinidamente. Não saem daquela fase inicial.

Por que isso acontece?

Porque a mudança mais revolucionária e inspiradora é justamente aquela que acontece na consciência do líder, mas muito não querem se comprometer.

Mudanças cosméticas existem aos montes e para todos os gostos. Mudança de verdade não se refere a um método de trabalho ou à estratégia de atuação no mercado. A verdadeira mudança é aquela que constrói a cultura da empresa.

Por isso, ferramentas como planejamento estratégico, programas de qualidade, balanço scorecard, avaliação 360 graus costumam resultar em nada enquanto não se altera a forma como as pessoas são vistas dentro (colaboradores) e fora (clientes) da empresa. E essa mudança de olhar tem de partir da liderança.

Amplie a visão e compartilhe decisões

É fato que, ao abrir mão do controle e compartilhar decisões, o líder escutará coisas que nunca ouviu e que talvez preferiria não saber. Descobrirá, entre seu pessoal e os clientes, alguns que não são aliados, embora dessem tal impressão. Em contrapartida, perceberá que tem aliados em gente que sequer suspeitava. Abrindo os canais de comunicação, promovendo o diálogo, expondo-se e deixando que os outros apresentem seus pontos de vista, o líder enxergará a realidade tal como é, sem enganos.

Lidere pelo exemplo

Gandhi, citado na epígrafe, sabia que a liderança é pelo exemplo. Em cada reunião, em cada decisão, em cada sessão de planejamento ou de avaliação, o líder tem de agir coerentemente, enquanto constrói e cultiva a cultura da empresa.

Seja magnânimo

 

Nas empresas, sempre que começa um novo ano, pensa-se em mudanças.

A qualidade da mudança depende da habilidade do líder de processar e de usar as informações que recebe. Quanto mais ajustada for a sua compreensão desse mundo, melhor será a qualidade de ação e reação.

Mahatma, do hindu, significa “grande alma”. O equivalente em português é magnânimo (do latim, magnus, que significa grande (;) e animus, alma). Magnânimo é alguém com uma grande alma, que vive e lidera pela coerência.

O melhor investimento que você pode fazer em si, em sua liderança e em sua empresa é ser um líder magnânimo. Tornar-se, de fato, uma grande alma!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*