Ouse criar beleza!

“As coisas que não existem são mais bonitas”, poetizava Manoel de Barros. Um viva à utopia!

Acho bonita a empresa ética, humana e próspera. E quem consegue juntar essa tríade virtuosa em um projeto empresarial. A liderança cuja gestão é baseada em valores virtuosos. Entre outros, valores como atenção, bondade, coerência, colaboração, comprometimento, confiança, dignidade, fé, cordialidade, humildade, perseverança, solidariedade. Ao fazê-lo, consegue aflorar os mesmos valores em todos aqueles que, com ela, fazem negócios.

Acho bonita a empresa que, mesmo diante de impasses e situações conflituosas, mantém seus valores virtuosos, sem abrir mão de nenhum nem troca a sua essência pela sobrevivência. Assim, conquista a lealdade de quem com ela faz negócios.

Acho bonita a empresa cujo projeto empresarial oferece um propósito que vai além das metas de faturamento e de produtividade. Um projeto capaz de tratar como sujeitos, não objetos, as pessoas que lá trabalham ou que com ela fazem negócios. Tratá-las como sujeitos é levar em consideração seus pensamentos, ideias e sentimentos. Esse é um feito memorável que a mera transação comercial desconsidera.

Acho bonita a empresa cujo projeto empresarial traz à tona o melhor de cada pessoa, muito além dos conhecimentos e habilidades acumulados em experiências anteriores. Considera que as pessoas não se resumem a seus currículos pasteurizados, mas sim quem verdadeiramente são e o seu devir. Uma empresa que permita às pessoas exercitarem seus dons e talentos, experimentando a gratificante alegria de viver.  

Acho bonita a empresa cujo projeto prospera economicamente e dá a oportunidade de todos prosperarem da mesma forma. E que essa prosperidade não faça ninguém perder de vista o ponto de partida, a origem de tudo, a semente primordial.

Mas, se as coisas que não existem são as mais bonitas, como dizia o poeta, porque não fazer com que, de fato, passem a existir?

“Desejo operar milagres”, dizia Leonardo da Vinci. Muito do que ele imaginou, conseguiu transformar em realidade. Por isso, o maior milagre é ver milagres! Quem não os vê, não os realiza. Quem os vê, transforma beleza em realidade.

Sonhemos!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*