Os passos – Sina de sísifo

A mitologia grega tem inspirado metáforas, na história da humanidade. Sísifo era considerado o mais astuto de todos os mortais. Um verdadeiro mestre das manhas e das artimanhas. Sabia mexer os pauzinhos para conquistar aquilo que queria. Sua esperteza, porém, acabou irritando o grande Zeus, que lhe impingiu um terrível castigo. Sísifo foi condenado a rolar com suas próprias mãos uma grande pedra de mármore montanha acima, até o cume. Assim que estava quase alcançando o topo, a pedra resvalava ladeira abaixo, de volta ao ponto de partida. Esse esforço em vão transformou-se em uma provação eterna. Daí surgiu a expressão “sina de Sísifo”, para denominar o trabalho que exige o máximo de esforço, sem produzir um resultado equivalente.

 

Temos de nos libertar desse calvário inútil. Com a disposição de arriscar, sair da mesmice em busca de novos desafios. É a atitude desbravadora que vai ampliar nossa visão. Em terrenos desconhecidos, toda atenção é pouca. Usamos o conjunto de nossos sentidos! Só assim temos condições de enxergar outros tipos de mercado.

Se o que vemos advém do que pensamos, antes de tudo precisamos alterar nossos próprios pensamentos. E mudar implica acreditar em outras possibilidades. Com as quais já teremos um primeiro contato mediante a alteração de perspectiva.  Admitir a existência de novas oportunidades, no entanto, exige olhar com espírito crítico os modelos mentais responsáveis pela configuração de mercados obsoletos, ultrapassados, questionando-os. Veremos que não são realidades imutáveis, às quais estaríamos condenados. Sequer são, de fato, realidades. Ao contrário, são concepções a abandonar, substituídas por outros cenários, que nós mesmos também ajudamos a construir. Não por acaso, aqui está outro ditado popular que cabe como uma luva: “querer é poder”.

METANOIA – OS PASSOS vai ajudar você a fazer o fundamental exercício de “elasticidade mental”. E o que é isso? Experimentar, por meio da leitura, outros pontos de vista. Aguarde!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*