O que inspira a nossa paixão?

A escolha de um time não é uma decisão intelectual. De certa maneira, como na religião, optamos por outras razões. Voltemos ao futebol, já que estamos em tempo de copa. Vou dar um lance: torcemos para um time por causa de sua torcida.

Arrisquei por exclusão. Alguns tomam a decisão pela cidade em que nasceram. Quem torceria para o São Bento de Sorocaba ou para o Ponte Preta de Campinas senão os sorocabanos e os campineiros?

Também não são as vitórias e títulos conquistados que fundamentam as escolhas dos torcedores. Basta considerar os times citados ou mesmo o “campeão dos campeões”, que passou mais de duas décadas sem ganhar um título e sua torcida só fez aumentar.

Outrora escolhia-se o time também por seus jogadores. Em minha infância, muitos preferiram o Santos Futebol Clube, onde Pelé jogava. Entre eles talvez uma boa parte nem conhecesse a cidade de Santos, mas viraram santistas por admirar o Rei. Eu, também fã de Pelé, queria mesmo que ele jogasse no meu Corinthians, pois de time a gente não muda.

Qualquer um pode comprovar a minha tese de que não é pelos jogadores que elegemos um time, principalmente nos dias de hoje, em que eles não se fixam mais. Trocam de time por dinheiro; não jogam por amor, como antes. Retorno, então, à tese inicial: torcemos por causa da torcida.

A torcida, sim, vive um caso de amor. Nem dinheiro nem sucessores de Pelé fazem com que alguém vire casaca. O torcedor é fiel, ao contrário do jogador. A identidade de um time está em sua torcida. Melhor dizendo, um time representa essa paixão coletiva e irracional. Brada-se o nome e eis seus torcedores unindo-se à luz do mesmo sentimento.

Em meio à torcida, não há espaço para nenhum sentimento de solidão e isolamento. Todos respiram, pulsam juntos, irmanados na emoção. A força de um nome, a força de uma torcida, a força de uma paixão.

Para quem a gente torce, quando a gente torce?

A força do coletivo é algo que devemos considerar também em nossos negócios e empresas. Nada como vivenciar uma energia que nos alegra, eleva e inspira!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*