O que dá certo!

Algumas coisas não dão certo mesmo que se queira, outras dão certo eventualmente, dependendo dos ventos benfazejos da sorte e existem as que dão certo sempre. Vamos deixar de lado as duas primeiras situações, dada a sua inconstância, e fiquemos com as últimas, tão certas como as quatro estações do ano.

Ter propósito dá certo

Empresas e pessoas despropositadas é o que mais tem. E essa é, sem dúvida, uma das razões pelas quais tantos cambaleiam de lá para cá e de cá para lá, enquanto culpam a crise do lado de fora. Sim, a crise faz parte da conta de resultado negativo, mas não é ela que começa o prejuízo. Ele já vinha no esmo da caminhada, sem sentido e direção.

Propósito serve exatamente para não perder o norte, quando ventos desfavoráveis ameaçam as velas da embarcação.

Serenidade dá certo

Há quem pense que o que de fato funciona é a adrenalina, o frenesi, a velocidade. Mas de que adianta correr tanto para não chegar a lugar algum? Tudo isso gera movimentos, mas não cria ações consistentes. Acaba mesmo é consumindo energias, como a mangueira de jardim cheia de furos a impedir que a água chegue a seu destino com a força e o volume necessários.

Serenidade dá certo, pois é a única maneira de cada um de nós estar por inteiro, corpo, mente e alma. E tudo que se faça por inteiro tem outro viço e exuberância.

Ser oportunista dá certo

Há quem ache que ser oportunista é ruim, ou seja, um tipo de aproveitador. Mas depende das intenções. As melhores implicam atenção e preparo. Atenção nos movimentos ao redor e preparo para aproveitar esses movimentos.

Um sábio ditado do Sul diz que “cavalo encilhado não passa duas vezes”. É bom estar com o cavalo encilhado para quando a oportunidade passar. E ela sempre passa.

Com propósito e serenidade é mais fácil perceber e compreender os ventos oportunos.

Amor dá certo

Pode parecer piegas trazer o amor para esse contexto, mas como deixar de lado algo que sempre dá certo?

Quando ama as pessoas, você quer ajudá-las a ser tudo o que elas podem ser. E isso dá certo. Quando ama o seu trabalho, você se entrega por completo para fazê-lo melhor. E isso também dá certo. Quando ama o cliente, você se desdobra para vê-lo feliz. E isso dá muito certo.

Com propósito, serenidade, senso de oportunidade e amor, as coisas só podem melhorar ainda mais e continuar dando certo. Tal como as quatro estações do ano, incluindo os veranicos de inverno!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*