O complexo de paladino – Parte Final.

Da saga de herói ao caminho do mestre

 

O dicionário ensina que vulnerável é o lado fraco de um assunto, de uma questão ou do ponto pelo qual alguém pode ser atacado ou ferido. Nada mais contrário ao que acredita um super-herói. Mas vamos por partes, como dizia Jack, o estripador, por acaso também um super-herói, mas com o senso de justiça enviesado.

Inseridos na palavra VULNERABILIDADE, existem outros significados: verdade, unidade, virilidade, (h)abilidade.  Vamos ver como elas podem ajudar o super-herói vencer o seu Complexo de Paladino:

1)   Verdade: não se trata apenas de dizer a verdade, o que já é muito bom. Um líder que diz a verdade conquista a confiança de sua equipe e confiança é a força real que só um líder de fato e de direito é capaz de conquistar. Mas dizer a verdade é apenas uma parte do antídoto contra o Complexo de Paladino. O maior desafio é ser a verdade, ou seja, ser quem verdadeiramente se é, sem máscaras e poses. Implica admitir os nossos defeitos, fraquezas, fragilidades. Implica retirar a fantasia de super-herói e admitir nossa condição de ser humano, demasiadamente humano, como diria o filósofo Nietzsche.

2)   Unidade: agora sim. Demasiadamente humano, é como as pessoas preferem o líder. Não alguém sobre, mas alguém que caminhe ao lado, ora impulsionando, ora conduzindo, ora apoiando, ora inspirando, ora emancipando. A unidade se dá quando existe equilíbrio no aproveitamento das ideias, das opiniões, das decisões, das contribuições e isso requer igualdade.

3)   Virilidade: o verdadeiro poder não está na força, na truculência, no afronto. Existe uma sutileza entre o desafio e o desacato. Líder que é líder lança desafios para os seus colaboradores, o que é muito diferente de desacatá-los. É no exercício da influência que está a real virilidade do líder. Implica equilibrar as forças do masculino e do feminino.

4)   Habilidade: não mais com a raquete, já descartada. Em seu lugar, a pá de pedreiro: o verdadeiro líder é um construtor. Alguém que reconhece a sua empresa como uma obra coletiva e que precisa ser construída, tijolo por tijolo, num desenho lúdico e lógico. Um lugar em que todos possam se sentir realizadores e realizados. Um legítimo habitat humano.

A cura do Complexo de Paladino está na vulnerabilidade. Nada que já não estivesse escrito: “quando sou fraco, então é quando sou forte”.

Shazam! Mas com o claro sentido plural. “Sim! Nós, juntos, temos a força!”

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*