Manifesto 2: Que o holograma se funda e se confunda como um único desejo.

O Manifesto 2 da Nova Economia, criado pelos líderes e equipes de empresas metanoicas diz: Eu desejo que o holograma se funda e se confunda com um único desejo.

Holograma, o espaço de relacionamento entre vários agentes que participam do mesmo mercado, é composto por líderes, colaboradores, clientes, fornecedores, investidores, financiadores. Também pode incluir os cidadãos circunvizinhos à empresa e que, de maneira direta ou indireta, são tangidos por ela. Entre outros agentes mais ou menos determinantes dessa teia de relações estão: famílias, autoridades governamentais, empresas estrangeiras etc.

Compreenda o holograma como um espaço em que energias se encontram para fazer algo acontecer. Tal espaço pode ser preenchido por vozes harmoniosas, em relações fecundas do tipo ganha/ganha. Ou por ruídos dissonantes, nas tradicionais relações ganha/perde, que quase sempre resultam em perde/perde.

A velha economia, combativa e competitiva, compreendia que o resultado se faz extraindo o máximo dos agentes do holograma. São muito conhecidas as relações espoliadoras que empresas travavam com seus trabalhadores, fornecedores, investidores e até clientes, por incrível que possa parecer. Estratégias insanas decorrem de modelos mentais de escassez e que apostam no “mais para mim” e no “que se danem os outros”.

A Nova Economia quer mudar esse jogo do “olho por olho e no futuro todos estaremos cegos”. A Nova Economia acredita na abundância e na existência de um lugar ao sol para todos os filhos de Deus. Mais que isso: está certa de que, unidos no mesmo desejo, todos serão agentes geradores de uma riqueza superior, a metarriqueza.

Se o holograma se fundir e se confundir como um único desejo, conseguiremos o efeito-homeostase, ou seja, o equilíbrio profícuo entre todos os agentes que compõem o mesmo holograma, de uma maneira que cada agente nutre e é nutrido pelo outro. Um processo contínuo de abundância. 

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*