Escolha o melhor poder

Se você almeja crescer na empresa em que trabalha, por qual poder optaria: posicional ou relacional?

Quem pensa em crescer na carreira ou no emprego, tem em mente galgar posições mais elevadas. Aposta, portanto, no poder posicional, aquele agraciado por um cargo, um título, uma posição hierárquica de relevo. Às vezes, inclui melhor remuneração e alguns privilégios. Trata-se de um poder institucional. Embora seja o mais cobiçado, jamais supera o relacional.

Tome como exemplo a rádio peão, um tipo de poder extraoficial existente em todas as empresas. Não a subestime. É muito mais possante do que você imagina.

Para começo de conversa, a rádio peão não consta de nenhum organograma que eu tenha visto ao longo de mais de três décadas em que atuo nas organizações. Não ocupa, portanto, nenhuma posição.  Ainda assim, é inquestionável seu poder inclusive para enlouquecer líderes autoritários, certos de que podem resolver tudo na caneta e no decreto. Não admira que fiquem espantados e se irritem ao constatar que certas normas não funcionam, sabotadas pelo poder paralelo. A força está no poder relacional, que será tão mais vigoroso quanto mais acentuado for o poder posicional vigente.

Então, voltemos à pergunta inicial: se você almeja crescer na empresa em que trabalha, por qual poder optaria?

O poder posicional é um atalho, muitas vezes favorecido pelo sobrenome ou mesmo simpatia de que o agraciado goze diante de seu superior, muitas vezes até por exagerar no puxa-saquismo, é claro. De nada adianta conquistar uma caixinha superior no organograma, se a qualidade das relações, com os pares e, principalmente, os colaboradores, não for satisfatória.

O caminho, portanto, é o poder relacional, pois faz parte da infindável arte das relações humanas. Isso inclui a conversa sincera, o diálogo aberto, a escuta sem julgamentos, a autenticidade, a alteridade, o compartilhamento. Envolve a profícua troca de ideias, pavio que acende toda criatividade e inflama a boa inovação.

Pratique a ambição virtuosa, ao apostar no poder relacional. Verá como oferece os mais gratificantes e melhores frutos.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*