Emprego e trabalho: onde está a sua atenção?

Existe o emprego e existe o trabalho. Não significam a mesma coisa. O trabalho existe desde os primórdios da humanidade. Foi o que, mais tarde, gerou mercados e negócios. Já foi cantado e decantado em prosa e verso como algo que dignifica o ser humano. Fundiu-se em oração com Bento de Núrsia e em civismo, presente em símbolos e hinos nacionais.

 

Emprego é outra coisa. Faz parte da organização do trabalho. Surgiu ao mesmo tempo que as empresas. Nem sempre, porém, os empregos cumprem o propósito do trabalho. Nem sempre são imbuídos de significado e importância. Nem sempre, também, dignificam quem os exerce ou tornam as pessoas empregadas seres humanos melhores.

 

Um poeta e escritor libanês disse que “o trabalho é o amor tornado visível” e esse é seu verdadeiro propósito. Mas, perdeu-se o essencial, ao organizar o trabalho na forma de emprego, categorizado em cargos, funções, tarefas e afazeres.

 

Sempre que você for vítima da desmotivação, com baixo nível de comprometimento, sem energia emocional para produzir e criar, pense na essência do que o trabalho significa. Não se trata de fazer o que gosta, mas de colocar amor naquilo que precisa ser feito.

 

Vale para você, assim como para a sua equipe de trabalho.

 

 

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*