Dicas para começar bem o ano

Se conselhos fossem bons, ninguém dava, já diziam os nossos avós. Então, achei melhor usar o rótulo genérico “dicas”, só para não dar muito na vista… Sei que você vai concordar comigo: nada melhor do que algumas boas dicas (testadas, observadas e avaliadas) capazes de ajudar a construir um ano melhor e evitar aqueles erros renitentes, que insistem em remeter ao passado e em nada contribuem para um futuro gratificante.

Serão apenas em três direções: para a empresa, para o líder e para o cidadão. Poucas, mas que podem fazer toda a diferença na sua trajetória profissional e de vida.

Para a empresa:

1ª) Permita que as pessoas trabalhem com a mente e o coração. Isso só acontece quando elas vêem significado naquilo que fazem. E o significado surge quando compreendem a grandeza do seu trabalho, para que e para quem ele serve.

2ª) Permita que as pessoas enxerguem a empresa e o negócio muito além do que os números podem mostrar.  Números são sinalizadores, mas a verdadeira natureza de um negócio está na qualidade das relações entre as pessoas. Com o cliente, com o fornecedor, com o investidor. Sempre que puder, fale mais das relações do que dos números.

3ª) Faça da empresa uma geradora de riquezas: para o mercado, na forma de produtos e serviços que resolvam problemas, facilitem a vida e gerem satisfação aos que deles farão uso; para os que produzem, na forma de realização pessoal e descoberta de seus próprios dons e talentos; para os que empreendem, na forma de uma contribuição econômica, mas sendo – acima de tudo! – uma experiência humana bem sucedida.

Para o líder:

1ª) Contribua decisivamente para que todos os seus colaboradores voltem para casa, no final do expediente, com uma estatura maior do que a que tinham ao entrar, pela manhã. Ou seja, que ao longo da jornada de trabalho, evoluam.   Pense na empresa como uma sala de aula em que todos possam descobrir suas inteligências e talentos e desenvolver seus conhecimentos e habilidades. Todos os dias!

2ª) Permita que cada um seja aquilo que verdadeiramente é. Desestimule a bajulação e desconsidere atitudes alheias com o objetivo de massagear o seu ego. Valorize os opositores sinceros.

3ª) Seja sempre o melhor exemplo: dos valores e das condutas, nas relações, nos negócios e na austeridade. Esse é o seu principal exercício de liderança.

Para a pessoa:

1ª) Tenha, sempre um projeto, uma causa, enfim um estímulo virtuoso capaz de fazer com que você explore todo o potencial que habita em seu interior. Uma vida com propósito afasta o tédio, a desesperança, o pessimismo. Mostra como vencer os maiores obstáculos e indica o caminho da abundância.

2ª) Onde estiver, esteja integral e generosamente! O estado de atenção torna a vida mais rica, mais fértil, mais cheia de oportunidades. Esteja no aqui e no agora, onde as coisas acontecem.

3ª) Lembre que você é, ao mesmo tempo, corpo, mente e alma. Uma constituição perfeita! Portanto, crie situações em que possa nutrir e equilibrar essas três esferas: exercícios físicos e alimentação saudável; entretenimentos que produzam pensamentos positivos; relações plenas com os outros e com Deus.

Se 2013 foi bom, 2014 pode ser ainda melhor!

É esse o desafio de todos nós!

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*