A vida na ilusão

A clássica figura de alguém deitado numa rede tomando água de coco, enquanto escuta o barulho das ondas do mar e admira os raios de um sol intenso, pode representar a imagem dessa tal felicidade.

 

Não por acaso, tal cenário é vendido em muitos comerciais de empresas de vestuários, perfumes, bebidas, automóveis. Mas é um tipo de felicidade que não tem muito a ver com o que estamos tratando na Semana da Vida.

 

A melhor experiência do viver é aquela em que nos sentimos desafiados e, por conta disso, acionamos as nossas capacidades e descobrimos outras, antes desconhecidas.

 

O desafio cobra de cada um de nós um empenho tanto físico como psíquico. Esse empenho nos resgata do estado de letargia e de confusão.

 

Benditos desafios

 

É nos momentos de alto desafio e do uso máximo das nossas capacidades que experimentamos sentimentos de concentração, criatividade, superação e realização.

 

Por mais estressantes que sejam, são esses sentimentos que nos mantêm vivos.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios*